As opiniões deste blog não representam, necessariamente, o conjunto dos pastores batistas: homens ou mulheres.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Esperança, nem que seja severina




tudo aconteceu como se esperava:
as ideias e o homem fora do lugar,
onde o mundo está ordenado e reconhecível,
silenciado, morreu.

Morreu? não é possível matar o que nos constitui ,
lateja como ferida, profunda, inegável.

símbolos da morte, feiúra, panos fúnebres
perfumes para disfarçar
os anos que separaram o início do fim.

Morreu? não é possível matar o que nos constitui ,
lateja como ferida, profunda, inegável.

as humildes ao cumprir os ritos da morte
surpreendem-se com a potência do anúncio:
"A vida venceu! A vida venceu!"  
agarraram-se ao fiozinho da esperança e,
na secura da vida, anunciaram o fim da morte.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário