As opiniões deste blog não representam, necessariamente, o conjunto dos pastores batistas: homens ou mulheres.

terça-feira, 20 de junho de 2017

48 deslumbramentos



As mãos agarradas ao encosto do último banco. Torciam sua borda. O coração batia tão forte e rápido que era possível ouví-lo dentro dos ouvidos. Olhava de um lado para o outro, ansiosa, exultante, um turbilhão. O momento não era aquele, ainda. Todos os olhares estavam sobre mim? Não, nenhum. Ou melhor, apenas um. O Um. A pergunta mal foi ouvida e, energicamente, a mão já estava no alto, acenando a confissão. O coração, aliviado. A salvação (em tudo o que esta palavra abriga) chegou aos 12. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário