sábado, 24 de junho de 2017

48 deslumbramentos

Uma cerca sem fim dividia as terras de minha infância. De um lado, por quilômetros, um verde infinito. De outro, pedras, água, casas rurais. As gentes simples pontuavam a paisagem. Aprendi sobre sutilezas quando me rendi à melancolia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espera

Na espera, Fé.