domingo, 10 de setembro de 2017

48 deslumbramentos

"Mulher é desdobrável", diz Adélia Prado.
Eu, não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

amadurecer como um poema

Respire fundo, De novo e de novo. Feche os olhos e impeça a fuga de algo precioso Ou fútil. Corra os dedos entre os cabelos E sinta o ...