As opiniões deste blog não representam, necessariamente, o conjunto dos pastores batistas: homens ou mulheres.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

48 deslumbramentos

Há muito tempo li que "o que suaviza o viver, suaviza o morrer". Em uma possível lista, teria:
"O amor me fere debaixo do braço
Em um vão entre as costelas..."
"O Senhor é a força da minha vida
De quem eu terei medo?"
" A linguagem escapa"
Uma pequena lista com um grande potencial.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

48 deslumbramentos

"Se alguém não tiver dinheiro para comprar o pão, ninguém se espante se roubar o pão."

Quando tinha 19 anos e cursava a faculdade de comunicação social, nas minhas idas à biblioteca deparei com um livro, desses que despertam verdades já intuidas.
Era "Germinal" de Zola. Li cada página sentindo o impacto da miséria, do capital e da opressão do pobre.
Jamais pude voltar ao que era.

sábado, 8 de julho de 2017

48 deslumbramentos

Uma parte de mim é...
Outra parte é...
Aprendi com um professor de teoria da literatura que Dostoiévski fez das reticências um não dito audível.

terça-feira, 4 de julho de 2017

sábado, 24 de junho de 2017

48 deslumbramentos

Uma cerca sem fim dividia as terras de minha infância. De um lado, por quilômetros, um verde infinito. De outro, pedras, água, casas rurais. As gentes simples pontuavam a paisagem. Aprendi sobre sutilezas quando me rendi à melancolia.